A solidão


Por muito tempo essa expressão, ou melhor, estado físico-mental-psicológico, permeou muito a minha vida, minhas atitudes, meu estado de espírito, foram minhas escolhas, a amizade que desejei; ser só.
Acontece que o tempo passa, os cabelos brancos começam a brotar, a enrugues do rosto desafia e o que parecia ser um estado confortável, sinaliza agora que a opção de ser só parece ter escolhido a eternidade, em vida.
Ser só, por muitas vezes te dá uma contemplação do existir, muito mais apurada, latente, beira o tangível, tudo parece se multiplicar; O cheiro, a cor, o hálito, a diversão, a dor, a solidão...
Quando a solidão aponta que em você existe um vazio, não de algo e sim de alguém, está na hora de você se preocupar, mas não se desespere não você que não tem ninguém, não, por que uma coisa é quem nunca teve, esse alguém tem que começar a procurar, a se “disponibilizar” no ser. Falo daquele que um dia teve e que o alguém ficou pelo caminho, agora ficou aquele vazio nos olhos, o som alegre das rizadas, das frases bobas, porém tão cheias de vida, do arrastar de pés pequenos (36), no chinelão imenso (42), na casa tão pequena que se chega a querer sair e que ficou tão grande devido à solidão, que se chega a querer fugir.
As fotos, de maneira alguma servem para matar a saudade, o que elas provam mesmo é que existe um vazio imenso entre quem deseja e o que é desejado, fotos só exprimem mais ainda a saudade de algo que jamais se terá de volta.
Para o ser só, o que resta são lágrimas, sentir o cheiro das roupas que ficaram, trazer a memória bons momentos e desejar a todo o momento que a vida te pregue uma peça, como foi o se apaixonar e agora, no deitar na cama e o som da fechadura a se mover, com o ouvir do presente que Deus lhe dá.
“Voltei, porque pra onde eu for sua presença vai comigo e é melhor ela ficar comigo, do que ir, sabe-se lá pra onde, voltei...”.

4 Opinando:

Anônimo disse...

gostei muito.

Anônimo disse...

AS VEZES AS PALAVRAS ENTRE LINHAS SE TORNAM NOSSA COMPANHEIRA EM MOMENTOS DE SOLIDÃO.


ADOREI!

António Jesus Batalha disse...

Paz de Jesus,ao passar pela net encontrei o seu blog, estive a ler as primeiras
postagens e posso dizer que é um blog fantástico,
com um bom conteúdo, dou-lhe os meus parabéns.
Tenho um blog Peregrino E Servo que ficaria radiante se o visita-se,
e se desejar comente,e se gostar e quiser seguir esteja à vontade, irei retribuir.
Sou António Batalha seu conservo em Cristo Jesus.
Desejo-lhe um ano cheio de grandes vitórias.

António Jesus Batalha disse...

Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante,
deixe um comentário, e se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir.
Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. Abraço.
António.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails